Spammers deixam emails de 1,4 bilhão de usuários expostos na Internet

A CSO tem todos os detalhes, mas a primeira questão importante aqui é que, na prática, qualquer pessoa encontrará seu email na lista que foi recuperada — quando não encontrar outras coisas, como seu nome e até endereço de registro, usados em mensagens falsas para diversas formas de estelionato.

Já a segunda questão é a empresa que leva os créditos pelo trabalho, a MacKeeper. Se eles identificaram o backup mal feito que levou a esse achado, é porque realmente fizeram um trabalho ruim.

Anúncios